uma pausa sempre antes de dormir

olhos amêndoa em qualquer entardecer, fechando as portas pelo lado de dentro a noite.
deixando passar apenas aquilo que lhe era bom
todo errado de comédia, risos e poses, aproveitando conversas sem pressa pra rir
nada que eu pudesse saber muito, sobre os cabelos “desgrenhados” que sempre pareciam extremamente no lugar…
aquela menina tinha um encanto diferente, não era um sorriso transparente, seu sorriso não era uma paralisia inebriante e incontrolável
mas era um sorriso calmo, um sorriso tranquilizante, era um sorriso macio de sentir e ver em retratos congelados.
os dedos formando um C quando não utilizados, um C não sei de que! Talvez um C de cores, talvez um C de “Se”…
cores que se multiplicavam limitadas, a cor calma e clara da pele, verdes, negros, azuis, tons diversos que circulavam diferentes ocasiões as amêndoas dos olhos
vermelho da boca um rosa talvez, o branco sorriso e um escuro tom de castanho ou um claro tom de preto nos cabelos…
uma mulher por ai, uma criança em qualquer foto a mais,
e algum tempo ela ainda vai fechar a porta por dentro, tomando café, um chá, algum liquido quente que de conforto e paz,
tem algum mistério nas palavras dela, que eu não sei identificar, algo contagiante, talvez seja só a tranquilidade de alguém legal pra conversar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s